.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Minha mãe...eternamente DIVA !

Estava acompanhando minha mãe na consulta quadrimestral que realiza no Hospital Erasto Gaertner. Lá, desde quando iniciou o tratamento e operação de um CA de Mama, tornou-se muito conhecida de funcionários e enfermeira(o)s. Afinal já se vão 8 anos...

Hoje foi atendida por duas jovens médicas mas, na sala ao lado, estava a primeira médica que a atendeu nesse longo tratamento. Não vou falar em nomes mas, essa "pessoa", me traz tristes recordações. Tristes sim, porque naquele longíquo dia em que Divinha, após já ter recebido o laudo que indicava o carcinoma de 9 cm, foi tratada por ela como se fosse uma pessoa sem qualquer cultura ou informação a respeito do assunto. Foi rude, foi grosseira, insensível, atributos nada recomendáveis para alguém que vai tratar de um ser humano, ainda mais em se tratando desse tipo de doença. Na ocasião prestei queixa formal contra ela na Administração do Hospital e, soube, a mesma foi admoestada pela direção...então, ainda bem que a consulta de hoje não "caiu" com ela.

Mas voltando ao início. Daí que, por ser já conhecida, a moça que me atendeu quando fui apanhar a senha para a entrega do remédio hormonal que ela toma, me perguntou : - E aí, Dona Diva tá bem ? Respondi que sim. E ela : - Sua mãe é uma figura ! Tem um humor sarcástico...Não sei bem se é sarcástico, diria até irônico, ou que seja um humor agregador...

O fato é que, quando foi se pesar antes da consulta, a enfermeira que me auxiliou a "ajeitá-la" em cima da balança ao pegar em seu braço, disse : - Nossa ! A senhora está quente ! E ela, calma e sorridente respondeu : - Ainda bem, imagina se eu estivesse gelada, nem precisaria estar aqui e sim num caixão ! Hehehehehe...

Daí que entramos na sala, as jovens doutoras a receberam e, uma delas, a mais novinha, chegou perto e perguntou : - Posso olhar seu pulmão ??? Minutos depois quando estávamos rindo disso na Farmácia, a enfermeira de lá olhou para mim dizendo : - Que legal, um sorrisão desse bonito, está feliz é ? E ela (minha mãe) respondeu por mim : - Claro, imagina que a médica pediu para "olhar" meu pulmão...só se entrasse dentro de mim para averiguá-lo...! Hehehehe

Essa é Diva, que mesmo dentro de um Hospital por onde tramitam e se internam pessoas muito doentes, sempre tem uma "tirada" para tornar menos pesaroso o fato de lá estar...

Beijos Mãe...Amo você !

4 comentários:

Josiana Rezzardi disse...

Oi Fernando!
Muito obrigada pela visita e pelos elogios tão doces aos meus textos que, certamente, não merecem tanto!
Fico feliz que tenha apreciado!

Adorei a homenagem à sua mãe. Toda mãe tem um pouco de diva, não?
Um abraço!

Fernanda Barcellos disse...

Uiaaaaaaaaaa, mas que chique tá aqui...de layout novo...humm, gosteiii!
E tô adorando ver q está ajudando muitas pessoas com suas mensagens de paz...MUITO LINDO!

Vamos adiante...sempre!

Beijos meu amigo

Nadia Lis disse...

ABENÇOADAS SEJAM AS NOSSAS, E TODAS AS "MÃES"!!! MUITA SAÚDE À DONA DIVA!!
PARABÉNS AMIGO FERNANDO, SEU BLOG TÁ LINDO!!! JÁ ESTOU SEGUINDO É CLARO! BJS
Nadia Lis

C. disse...

Eu diria um "belo" exemplo de incentivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...