.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Casas de Morar, cadeiras de meditar...

 (Acrílica sobre tela - Lou Borghetti)

Boa noite pessoas. Hoje, ao abrir o blog, percebi que atingimos a marca de 100 seguidores. Uma honra, sem tamanho, para este que vos escreve. Fico feliz por demais com a visita de cada um desses "seguidores". Mas o "seguidor", ou melhor, "seguidora" centenária me deixou particularmente lisonjeado. Trata-se de LOU BORGHETTI, artista gaúcha da Chapada, com atelier em Porto Alegre. 

Estudou com Danúbio Gonçalves, Fernando Baril, Renina Katz, Katie Van Sherpenberg e Plínio Bernhardt. Frequentou o Atelier Livre da Prefeitura Municipal entre 1973 e 1980, onde estudou entalhe com Anestor Tavares, escultura com Claudio Martins Costa, desenho e litografia com Danúbio Gonçalves, Teoria da Arte e aquarela com Fayga Ostrower. Freqüentou, como aluna e assistente, o atelier de Iberê Camargo e a oficina de Marco Túlio Resende em Belo Horizonte. Realizou workshop de aquarela na Universidade de Belas Artes de Sevilha e Florença.

Aí, espiando seu maravilhoso blog, descobri esse texto (título original da postagem) dedicado à ela por LYA LUFT...Parabéns LOU por seu trabalho. Grato por dedicar um pouco de seu tempo para passar por aqui...Beijos carinhosos !

***************************************************************************
Escrever sobre artes plásticas é sempre difícil para quem não é entendido. Mas não escrevo sobre pintura, aqui escrevo sobre alma. Sobre a de Lou Borghetti, que toca a nossa nesta sua nova fase, como em todas as que conheci e admirei. Algo de rasgado no desconstruído que se refaz, como a nossa vida. Algo de muito zen nas monotipias de casinhas que parecem ideogramas, e que dão vontade de abrigarmos ali a nossa alma. Algo de provocativo nas cadeiras, onde a alma vai repousar para sentir o mundo, e meditar.
 
Nada é acaso, nem a harmoniosa e ao mesmo tempo ambígua criação de Borghetti: somos esfacelados como suas colagens, porque só assim podemos nos refazer mais inteiros; convocados para dentro de nós, para nossa casa interior, onde o mistério (não importam rótulo nem nome) nos oferece eventualmente cadeiras como barcos, para que a gente possa soltar as amarras, despir os disfarces, e tornar-se mais gente através da arte.

Não creio que arte tenha “função”, mas tem “efeitos”: um deles, talvez o mais glorioso, há de ser promover a interiorização, portanto, a libertação de velhos enquadres e aprisionamentos. Para que se proceda um renascimento, na dolorosa, minuciosa ou estonteante reelaboração de nós mesmos, cada vez mais inteiros depois do despedaçamento da reflexão, cada vez mais humanos. Borghetti tem, para mim, um dedo mágico para nos abrir essas portas.
 

(Lya Luft -  Porto Alegre, julho de 2005 - para Lou Borguetti)

6 comentários:

Dinorah disse...

Muito lindo esta tela da Lou e maravilhosa a homenagem da Lya - (olha a minha intimidade) Fui vizinha de uma em Santa Cruz do Sul e de outra em Porto Alegre - pena que elas não façam a mínima idéia da minha existência. Duas gaúchas brilhantes.
Um abraço grande Fernando e muito obrigada por fazer relembrar velhos tempos.
Dinorah

Elaine Castro. disse...

Fernando,

Parabéns pela marca, este é apenas o início, muitos e muitos outros seguidores virão, pois tem carisma, sabe escolher e escrever belos textos, aos poucos os blogueiros irão descobrir sua Estrela.
Gostei do texto!!

Beijos.

Vanda Siqueira. disse...

Olá Fernando... prazer imenso ter encontrado seu Blog...!!!
O Texto e a foto do fogão de lenha
("Tenho saudade do que já foi, as velhas cozinhas de Minas, com seus fogões de lenha, cascas de laranja secas...")...
me fez viajar pra minha infancia... reuniões de família na cozinha de minha avó... o aconchego... as estórias da carochinha que são vivas em minha memória. Bons tempos...!!!
Quero voltar com mais tempo para conhecer melhor seu Blog.
Parabens e muito SUCESSO pra você...!!!

C. disse...

Você sempre dando boas vindas queridas aos seus visitantes, parabéns!

C. disse...

Relendo teu post lembrei que só há pouco tempo passei a usar o gadget "seguidores", mais precisamente em 10/2010, e através de um pedido de um leitor que reclamou nao conseguia acompanhar minhas postagens (eu nem sabia da funcao do gadget era essa também).

Ontem andei nos blogs que já me visitaram (uns 3 anos atrás) e percebi quase nenhum usava? rs Acho virou meio "febre" apenas agora. Mas acho legal, podemos acompanhar os post.

Vim agradecer a tua visitinha no meu outro cafofo, e por ter admirado aquela foto da minha janela e comentado. Seja bem vindo lá também!!

Lou Borghetti disse...

Querido Fernando, que linda homenagem mais que isso, um presente encantado que emociona pelo mistério do desconhecido. E encantador pela tua generosa disponibilidade de dispor do teu espaço mostrando meu trabalho.
Muitíssimo obrigado adorei ser a seguidora de numero 100.
Grande abraço,e espero manter nossa amizade aqui construída.
Lou Borghetti

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...