.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

sábado, 23 de julho de 2011

E ela partiu...precocemente...

Boa noite pessoas ! Há alguns anos atrás, quando perambulava pelas salas de bate-papo do Terra, me foi "dado" por amigos o nickname de "Bruxo de Curitiba". Até pensei em dividir este meu cantinho com "ele", vez por outra, já que são muitas as histórias que poderíamos contar. Mas, o objetivo desta postagem não é falar de mim, ou de minha "alcunha". É que não foi preciso ser Bruxo para, em 08 de Janeiro deste ano, "prever" que alguma coisa de muito ruim iria acontecer na vida da cantora inglesa AMY WINEHOUSE. Sob o título de "Socorro Urgente para Amy Winehouse", comentava o fato dela estar precisando de ajuda, URGENTE, caso contrário poderia acabar, aos 27 anos, como tantos outros ícones da música mundial (de minha geração), que partiram precocemente para outras esferas espirituais (há outra postagem sobre isso). E com a mesma idade...humpft !

Um trecho da postagem que fiz em 04 de Janeiro sobre eles :

" Daí lembrei de uma fatídica coincidência (sic) : Janis Joplin, Jimi Hendrix, Brian Jones e Jim Morrison, ícones daquela juventude transviada, da qual eu fazia parte, desencarnaram precocemente aos...27 anos ! Loucura né ? Além disso, as "causas mortis" nunca foram verdadeiramente identificadas. Excesso de álcool e anfetaminas, uma vida sexualmente desregrada e boêmia, os inúmeros compromissos e seus estresses naturais, além da típica "solidão" de quem se vê muito jovem no auge de uma carreira mas não se encontrou ainda como ser humano, foram com certeza fatores que apressaram a morte dessa troupe de artistas..."

Humpft ! É isso...e hoje AMY partiu para o andar de cima, jovem, com uma carreira promissora, e a possibilidade de ter uma vida alegre e profícua. Só que as drogas falaram mais alto. E quando isso ocorre, como comentei na postagem de Janeiro, há que se ter o cuidado de tratar das pessoas "viciadas" como doentes, porque o são. E elas precisam aceitar essa ajuda, precisam QUERER parar com os vícios...precisam querer VIVER ! Mas, quando isso não ocorre, há uma parcela de responsabilidade em cada um de nós pela continuidade da destruição de uma vida humana. Responsáveis os parentes e amigos, a imprensa, os fãs...se lhe fossem negadas algumas regalias, inclusive a própria "liberdade", talvez ela ainda estivesse entre os encarnados...talvez...

Se você possui em sua familia, ou em seu círculo de amigos, alguém "viciado" em drogas ou álcool, lembre-se : eles são manipuladores hábeis, mentirosos, "negativos". Não aceitarão facilmente qualquer tratamento. Devem pois serem privados das coisas que mais gostam, mesmo que isso importe em dor e sofrimento. Só assim, e com o auxílio de um Poder Superior, há caminho para a salvação...

Pena que isso não tenha acontecido com a menina AMY...que nosso Irmão JESUS e todos os Mentores Espirituais a recebam e a tratem com carinho...

2 comentários:

C. disse...

Oi Fer, volto amanha ler seu lindo bloguito :)

C. disse...

Nao entendi a expressao "irmao" Jesus, Fer.
Uma bela voz se calou nao é? No que era grande o timbre da voz, a dona era em pequenez. Mesmo assim, nao dá pra julgar. Uns conseguem vencer, outros nao.
Lembrei de Carmem Miranda, que morreu pelo mesmo motivo e ainda conseguiu chegar aos 46 anos!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...