.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

sábado, 1 de outubro de 2011

Lembranças de Diva (Parte II)


Boa noite pessoas ! Nove dias sem Divinha ao nosso lado. Hoje, enquanto eu trabalhava, um Senhor me abordou perguntando sobre a linha de produtos da Marilan, da qual sou Promotor. Os biscoitos Marilan, gostosos por demais (não é propaganda não..). Disse-me que pretendia fazer uma doação ao Hospital Erasto Gaertner, onde Diva desencarnou e onde fez o tratamento do seu Câncer de Mama. Apresentei a linha de biscoitos doces e, posteriormente, a de salgados. Comentei que o pessoal do Voluntariado do HEG colocava um mix de biscoitos em saquinhos plásticos para servir aos pacientes e acompanhantes pela manhã, e à tarde também, juntamente com o Chá tradicional.

Ele levou os nossos biscoitos Maizena e Cream Cracker. E aí um filminho passou em minha cabeça, recordando as tantas vezes em que acompanhei Mamãe ao HEG e, ao se aproximar a hora de servirem o cházinho com biscoitos e pãezinhos com margarina, Divinha sempre me alertava para pegar o pacotinho dos biscoitos para mim, mesmo que não os comesse, assim ela guardava para comer mais tarde em casa, ou então dividia com os netos...humpft !

Muitas vezes, após pegarmos o lanche, íamos sentar à sombra de algumas árvores que existem no complexo Hospitalar do Erasto. Foram horas sentados ali, lado a lado, falando sobre um tudo, desde os problemas da família, lembranças de tempos idos, o tratamento em si...e tantas outras coisas. Seu semblante nunca expressou desespero, medo, tristeza. Mesmo quando derramava algumas lágrimas ao lembrar de algo, não eram com a intenção de parecer triste, amarga. Era só emoção, pura emoção...

Sinto falta de seus olhos azuis a me fitar. Da sua expressão de contrariedade quando eu a questionava sobre algumas coisas dos tempo idos, e a sua felicidade em me ver bem, sóbrio, firme no propósito que iniciei há 10 anos atrás. Sinto sua ausência física, mas tenho exercitado "conversar" com ela em pensamento, orando sempre, rogando ao Pai que cuide direitinho de Mainha...hum rum !

Um abençoado domingo para todos nós !

Um comentário:

* Verinha * disse...

Fernando.. lamento muitíssimo por essa perda que certamente não há palavras que possam nos ajudar nesse momento.. as lembranças sempre serão eternas.. é como um pedacinho de nós que parte e nada e nem ninguém poderá substituir.. Sabemos perfeitamente que temos nossa hora exata de chegada e partida.. mas mesmo assim é sempre muito difícil lidarmos com isso. Que o Criador lhe dê muita luz e paz ao seu coração para prosseguir com sua jornada.

Um beijo imenso em seu coração..
Verinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...