.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Quando o amor se transforma...em posse !

Um dia eu tive 22 anos...hum rum, podem acreditar. Por certo vivíamos uma época diferente da atual, não éramos um mundo globalizado, não havia internet ou celular (isso era coisa de filme de ficção), a juventude até que era meio transviada, e bradávamos PAZ e AMOR em todos os cantos da Terra civilizada.

Anos antes, a venda da pílula anticoncepcional era aprovada na França. Em 1968, houve a grande revolução sexual, inaugurada pelo "Maio de 1968". Em 1969, a Guerra do Vietnã e os protestos mundo afora...daí adveio WOODSTOCK, três dias de amor (e sexo), paz e música, nessa pequena localidade rural do Estado de Nova York...Betty Friedman gritava de um lado e Simone de Beauvoir do outro...

Mas, o que pretendo mesmo, não é falar sobre nada isso. Foi uma introdução somente, para mostrar como as coisas mudam, evoluem...há porém algo, que nunca li ou observei ter mudado nesses últimos 31 anos : o AMOR POSSE ! Sabe, tipo aquele que uma das partes envolvidas no relacionamento e, após um período de convivência (que pode ser de 1 dia, 1 mês, 1 ano,....), passa a ter com seu parceiro ? Já não basta mais ser companhia, há que ser domínio. Já não bastam os momentos passados juntos, há que ser controle das horas...E muito mais...mas muito mesmo...

Então, peço ajuda para o meu parceiro FRIEDRICH NIETZSCHE, "in a Gaia Ciência" :
" Cansar-se de uma posse é cansar-se de si próprio...(...) Quando vemos sofrer uma pessoa aproveitamos de bom grado essa ocasião que se oferece de nos apoderarmos dela; é o que faz o homem caridoso, o indivíduo complacente; chama também «amor» a este desejo de uma nova posse que despertou na sua alma e tem prazer nisso como diante do apelo de uma nova conquista. Mas é o amor de sexo para sexo que se revela mais nitidamente como um desejo de posse: aquele que ama quer ser possuidor exclusivo da pessoa que deseja, quer ter um poder absoluto tanto sobre a sua alma como sobre o seu corpo, quer ser amado unicamente, instalar-se e reinar na outra alma como o mais alto e o mais desejável"...

Grato amigo, facilitou meu trabalho...(Nietzsche era o cara) !

Quando o amor se transforma em posse, alguma coisa vai de mal a pior. Nada mais injusto que tentarmos tolher a individualidade natural do parceiro, forçando-o a estar à nossa disposição sempre que precisarmos ou, impedindo que ele progrida como ser humano que é, necessitado de momentos só seus, que certamente facilitarão a convivência a dois pois, é quando possibilitamos que os "ares" sejam renovados, os "votos" reafirmados, e o AMOR fortalecido, que mostramos o nosso lado generoso e compreensivo, e nos tornamos mais dignos da relação.

Ameaças, chantagens, vinganças, cobranças e, por vezes, agressões (verbais e corporais) nunca levarão a lugar algum que não seja à infelicidade, à tormenta, à insônia, à tristeza, à dor...Caráca, é muita coisa "ruim" juntas né ???

Então, VIVA e DEIXE VIVER...que é um lema nas Irmandades de apoio à qualquer tipo de dependente. E se você é "dependente" do amor de alguém, e o torna seu refém igualmente, procure ajuda, enquanto há tempo...isso evita tanta dor e lágrimas...podes crer !

Humpft ! Terminei. Opa...péra...porque a imagem que "ilustra" este post é de uma mocinha simpática e sorridente ? Contrasta com o que escrevi né ? Explico : Amandinha (que prefiro, desde que a conheci, chamar de Feiosinha...hehehe) foi quem inspirou o texto após a nossa longaaaaaaaaaaaa conversa ao telefone agorinha pouco...Pronto, tá explicado...Ah ! Ela tem 22 anos...

Para ti, Feiosinha, o meu carinho, minhas bençãos e meu AMOR eterno...Beijos !

Um comentário:

Ju disse...

nao sei onde eu to com a cabeça que não vo ai e te arrebento!!!!!todas menos eu!!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...