.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Laços atemporais...


Gostei do termo, "Laços Atemporais", que Mônica postou em comentário aqui. Atemporal é tudo aquilo que transita no tempo sem necessariamente pertencer ao passado, futuro ou presente. Tá lá no Wikipédia. São os laços bem "tramados" em outras esferas, que não necessariamente as atuais, e que na maioria das vezes transcende à compreensão de muitos. Quando se cuida das coisas do coração, com desvelo, invariavelmente mantemos esses laços bem apertadinhos. Ou, como também me disse Mô, permanecemos em "stand by" e, vez por outra, damos um clique no botão, e a "história" segue, como se o tempo transcorrido não pudesse ser contado além do ponteiro dos segundos no relógio da vida.

São os mesmos laços que nos prendem aos entes queridos, aos familiares. Mesmo que fiquemos anos afastados fisicamente, o amor e o carinho permanecem inalterados ou, quiçá, muito maiores. Acrescente-se uma pitada de saudade, e o "prato" está completo. Sempre fui sentimental, romântico, saudosista. Vez por outra num passado nem tanto distante, "abusei" desse sentimentalismo como forma de pressão, numa pieguice sem igual, forçando situações constrangedoras. Me sentia "vítima" de desapegos, um mercenário da atenção alheia. Aliás, nem tão alheia assim e, sim, de pessoas que me eram fundamentais na caminhada.

Por isso resolvi retornar com o blog meses atrás. Para vir aqui, diariamente, enviar mensagens espirituais as quais leio atentamente antes da postagem final e, delas, tentar a absorção do mínimo que seja de aprendizado, evitando que torne a incorrer nos mesmos erros. Laços atemporais, e não circunstanciais ! Gostei muito disso Moniquita...muito mesmo...Besos mi cariño, pensei em ti muito hoje antes de escrever estas linhas...hum rum !

ps: além dos laços atemporais, em nossa história temos muitos "lacinhos", que enfeitaram presentes mútuos...hum rum...há promessa dela de que o próximo será rosinha...hehehehehe

7 comentários:

Van disse...

Obrigada pelo comentário carinhoso e por prestigiar-me na votação, Fernando.

Ri muito do seu bom humor, DNA avançado, kkkkkkkk

Beijos e bom final de semana!

MARILENE disse...

Sejam os laços temporais ou não, as marcas dependerão do quanto ficaram apertados, do quanto nos tocaram. Alguns, mesmo sem efeito decorativo, nunca se vão, já que os levamos para o campo das lembranças bem guardadas.

Mônica Pereira disse...

Hum..Laço atemporal atinge a categoria de eterno e como tal não é esquecido, se não se tem certeza de que ficará não é atemporal. É exatamente isso Stand by, não no sentido de administrar ausências e sim no sentido de permanecer latente/vivo..Assim é conosco, né?
Quanto ao lacinho rosa, você bem sabe que costumo cumprir minhas promessas, custo a fazê-las , mas quando as faço as cumpro e com maestria! kkkk Mitidaaaa!! kkk
A.D.O.R.E.I o texto...
Besos mi cariño

C. disse...

Eu falo exatamente disso num texto bem próximo que vou publicar.
É bem assim mesmo, atemporais, mas como direi no meu texto, circunstanciais.

Um grande beijo de bom sábado!

Evanir disse...

Testo da net

Minha mãe E sua Mãe
Que ao dar a benção da vida, entregou a sua...
Que ao lutar por seus filhos, esqueceu-se de si mesma...
Que ao desejar o sucesso deles, abandonou seus anseios...
Que ao vibrar com suas vitórias, esqueceu seu próprio mérito...
Que ao receber injustiças, respondeu com seu amor...
E que, ao relembrar o passado, só tem um pedido:
DEUS, PROTEJA MEUS FILHOS, POR TODA A VIDA!
Para você mãe, um mais que merecido:
Feliz Dia das Mães!
Você merece!!!
Meu abraço meu carinho para você
amado amigo.
Feliz Dia Das Mães.
beijos e beijos com infinita
ternura,Evanir.
www.aviagem1.blogspot.com

Nosso Dia Das Mães..Brasil

Néia Lambert disse...

Laços às vezes afrouxam, outras apertam e até mesmo se desfazem, mas de uma forma ou outra, uma vez laços, o serão laços para sempre!

Um abraço.

Vera Lúcia Duarte disse...

OLÁ IMAREGNA,
LENDO SEU TEXTO, OBSERVEI QUE TENHO O MESMO HÁBITO SEU, DE RELER OS POSTS QUE PUBLICO PARA CERTIFICAR-ME DE QUE FORAM BEM ASORVIDOS.
ABRAÇO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...