.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

domingo, 12 de junho de 2011

Enamorar-se, sempre...


Boa tarde pessoas ! Espero que o dia esteja sendo de alegrias e muito AMOR para todos. Engraçado como precisamos de "um dia" para lembrarmos/marcarmos uma data especial né ? São 364 outras vinte e quatro horas para acarinharmos e presentearmos um filho, a nossa mãe, nosso pai, etc...creio que, tipo assim, desnecessário que o carinho viesse em forma de presente físico. Um abraço bem apertado, um dizer "eu te amo", um afago nos cabelos brancos, um passeio no parque ou ao cinema, bastariam. Todos os dias ou não, mas que tivessem a intensidade suficiente para manter acesa a chama do amor por algum tempo. Claro que presentes são fundamentais : aquele perfume gostoso que depois será usado em ocasiões especiais, a lembrar de quando foi ofertado embrulhadinho, bem bonitinho; aquela peça de roupa que será usada em um jantar romântico, uma viagem dos sonhos ou, simplesmente, quando sentirmos necessidade de ficarmos mais "bonitos".

E hoje, 12 de junho, é o Dia dos Namorados ! Ah ! Que maravilha. A cidade estava enfeitada de corações há dias. Ofertas para todos os lados...promoções em Restaurantes, Hoteis/Motéis, Hipermercados...um ar de felicidade no ar e, claro, o bom povo cá da Terra Brasilis, deixando para a última hora a compra daquela lembrança aí em cima citada...eitcha ! Algumas coisas não mudam mesmo...

O que mudam, atualmente, são os namorados/casais...hum rum ! Fiz uma pequena lista em minha cachola de amigos e conhecidos que ano passado estavam com determinada pessoa. Este ano, quase a totalidade está com outra "metade" nova...hum rum ! Experiência ? Claro ! Não deu certo, bem que tentaram. Mas aí, fico analisando as relações atuais, as tais "ficadas". Caráca, é muito experimento para meu gosto. Ultrapassado ? Pode ser. Mas ainda acho que uma relação é construída não numa noite (ou várias vezes na mesma noite) e, sim, com o passar dos dias, meses, anos...é quando as arestas estão sendo aparadas, as dúvidas esclarecidas, os medos e segredos desvendados. Só se conhece a "alma" de alguém, quando deixamos que a nossa própria permita-se moldar. Senão, não há relação que aguente.

Há que se ter paciência e zelo, abnegação e solidariedade. Há que se sentir aquele friozinho na barriga diariamente, quando o parceiro chega ao portão do prédio ou da casa, mesmo após longo tempo de namoro. Pode ser que a tua "cara" não seja a mais bonita naquele momento. No dia anterior, uma rusguinha enjoada fez com que ele(a) fosse embora aborrecido. Mas, havendo amor de verdade, tudo será esclarecido e a paixão renovada. É meu entendimento...

E aí vão me perguntar: e tu ? E eu responderei : Até tu Brutus ? hehehe ! Cadê a namorada ? Sente-se idoso demais para namorar ainda ? E olha que não escrevi "velho", porquê como diria meu avô Ricardo, velho é aquilo que não presta mais, precisa ser trocado. Posso passar mais um Dia dos Namorados sozinho, posso. Estou enamorado pela vida, pelo meu trabalho, pelos meus amigos (reais ou virtuais). Há muito amor em mim, e uma vontade crescente de que ele seja espalhado por aí. Estou enamorado sempre, há anos, pelas melhores recordações que um homem pode ter de uma mulher. O coração nunca está vazio. E aí está a resposta ao "X" da questão : um coração cheio, é um coração enamorado. Isso posto, neste dia, também estou comemorando junto com muitos de vocês que daqui a pouco estarão almoçando com seus pares, ou mais tarde jantando, ou trocando presentes...o meu, é saber que estou aqui, inteiro, escrevendo esses devaneios e deixando que o amor de muitos preencha a "ausência" física de uma namorada.

Física, eu disse, porquanto espiritualmente, eu a possuo...Tenhamos todos um domingo abençoado, e uma semana serena e feliz !

6 comentários:

* Verinha * disse...

Independente de se estar ou não acompanhado neste dia, o importante mesmo é termos em nosso coração a presença desse nobre sentimento!

Beijo grande em seu coração Fernando e um ótimo início de semana para você!

Verinha

Néia Lambert disse...

Bom domingo e uma semana cheia de paz para você Fernando.

Um abraço

Cristina Lira disse...

Oi Nando! Tudo bem?
REalmente concordo contigo, nosso coração pelo simples fato de viver nunca está sozinho, portanto vive enamorado pelos fatos, pelas pessoas, pela vida em si e o que ela inspira. Eita que vc tava inspirado em, escreveu e escreveu..rs...que bom, nós do lado de cá é que ficamos feliz em parar e ler cada linha de pensamento.

Tenha um otimo dia, muitos sorrisos pra ti, e o frio tá grande né, então se agasalha direitinho viu?! rs... deixa um cafezinho quente de reserva ia..rs
Se cuida, amo-te demais, já disse e repito... xero grande neste coração amigo, abraços de urso,rsrs.

Inté mais....

Dinorah disse...

Fernando,

Este negócio de velho não vale! Lembre-se que aos 47 anos a Helga encontrou sua alma gêmea, que na ocasião contava com 54, adivinhe onde? Na internet! Estão juntos vai fazer 11 anos!(isto é verídico)
Um abraço grandão para você.
Dinorah

Luna Sanchez disse...

Passando pra deixar um beijo de boa semana.

;)

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Oi Irmão,
Como quase sempre acontece comigo, estou atrasado em vir comentar o seu texto. Mas como vc mesmo disse, não deveria haver um dia especial pra nada.
Também acredito que mais que a presença física do ser amado, o importante é o que vai dentro do coração. E isso vc demonstra que tem.
Grande abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...