.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

O Poeta...

Boa noite pessoas ! Hoje comemoramos o dia do POETA e, falar de poetas, para mim, é falar de Vinicius de Moraes, que eu carinhosamente sempre chamei de VINI, assim...simples, como esse carioca foi. Nascido à 19.10.1913, ontem Vini estaria completando 98 anos...daqui a bem pouquinho estaremos comemorando o seu "centenário". Nasceu em meio à natureza, no Jardim Botânico, um bairro lindo da cidade Maravilhosa...é dele o poema abaixo, intitulado : O POETA...nada melhor né, para comemorarmos a data...Uma serena e abençoada noite para todos nós.

A vida do poeta tem um ritmo diferente
É um contínuo de dor angustiante.
O poeta é o destinado do sofrimento
Do sofrimento que lhe clareia a visão de beleza
E a sua alma é uma parcela do infinito distante
O infinito que ninguém sonda e ninguém compreende.

Ele é o etemo errante dos caminhos

Que vai, pisando a terra e olhando o céu
Preso pelos extremos intangíveis
Clareando como um raio de sol a paisagem da vida.
 
O poeta tem o coração claro das aves
E a sensibilidade das crianças.
O poeta chora.
Chora de manso, com lágrimas doces, com lágrimas tristes
Olhando o espaço imenso da sua alma.
O poeta sorri.
Sorri à vida e à beleza e à amizade
Sorri com a sua mocidade a todas as mulheres que passam.
 
O poeta é bom.
Ele ama as mulheres castas e as mulheres impuras
Sua alma as compreende na luz e na lama
Ele é cheio de amor para as coisas da vida
E é cheio de respeito para as coisas da morte.
 
O poeta não teme a morte.
Seu espírito penetra a sua visão silenciosa
E a sua alma de artista possui-a cheia de um novo mistério.
A sua poesia é a razão da sua existência
Ela o faz puro e grande e nobre
E o consola da dor e o consola da angústia.

A vida do poeta tem um ritmo diferente

Ela o conduz errante pelos caminhos, pisando a terra e olhando o céu
Preso, eternamente preso pelos extremos intangíveis.

3 comentários:

Elaine Castro. disse...

Oi Fernando,

Acho que não tinha poema mais significativo para escolher para o dia de hoje, também gosto muito da poesia de Vinícius...

Abraços.

Márcinha Mendonça disse...

Passando para Desejar um final de Semana repleto de muita paz,
amor, coloridos e cheio de alegrias, beijos Meus :)

Te gosto Muitãoooo uhummmm uhummm que a vida lhe traga muita luz e paz neste teu coraçãozinho.
adoro teee

Verinha disse...

Olá Fernando!
Retornando com casa nova e não poderia deixar de passar aqui pelo seu cantinho para matar a saudade e deixar um beijo grande em seu coração!

Verinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...