.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Eles passarão...eu, passarinho...

Há 17 anos atrás desencarnava MÁRIO QUINTANA, nascido no Alegrete, lá pras bandas do Rio Grande, o do Sul. Conheci sua poesia ao longo de minha juventude/adolescência, e segui admirando-o até o seu desencarne. Então, uma lembrança desse imortal Brasileiro, para ficar aqui registrada. Antes de sua partida, Quintana escreveu para os amigos, assim :
 
"Amigos não consultem os relógios quando um dia me for de vossas vidas... Porque o tempo é uma invenção da morte: não o conhece a vida - a verdadeira - em que basta um momento de poesia para nos dar a eternidade inteira".

Este era Mário de Miranda, o Quintana.

RECORDO AINDA

Recordo ainda...E nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de Desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...

Estrada afora após segui... Mas ai,
Embora idade e senso eu aparente,
Não vos iluda o velho que aqui vai:

Eu quero meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino... acreditai...
Que envelheceu, um dia, de repente!...

("Poesias". Ed. Globo, Porto Alegre, 1962)

4 comentários:

Elaine Freitas disse...

Olá querido...

saudade desse cantinho que esta a cada dia mais lindo...

beijoo enorme...

C. disse...

Grandes perdas já tivemos entre os poetas! Essa foi uma delas.

Elisabete Lira disse...

Venho aqui para contemplar suas belas postagens...
E te deixar um abraço!!!! Bjus...

Márcinha Mendonça disse...

Queridissimo amigo Nando, olha eu aqui hahaha, surprise lol . Passando pra deixar um xero e dizer que adoro te isso já sabes, e para dizer que eu não sumi, pois eu não sumi, só tô de férias rs deste gingante mundo virtua e tu sabes onde me encontrar sempre rs, então tá postei hj só para tu não dizer que ando na lua, fiz poema basiquinho lá, mas dediquei a vc, que senti minha falta, por aqui, Beijos grandes adoro teee...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...