.

Photobucket
"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante..." (Caio F. Abreu)

domingo, 15 de maio de 2011

Previsão do tempo...

Cá na terrinha, chuva e frio, muito frio...humpft ! Mínima de 11 graus, o Climatempo anuncia. Sei não, a sensação térmica ao menos para mim é de quase ZERO...hum rum...Previsão idêntica para a semana que se aproxima, com os termômetros "baixando", o que anuncia dias frios e noites geladassssssssssssssssssssss...

Tá um cinza horrível, lá fora. Espiei pela janela (não dá para enfiar a cara na rua assim de graça...hehehe). Mesmo assim, uns pássaros pousam alegremente nos fios da rede elétrica para gorjear. Terminei de ler "Mentes Perigosas" da Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva. Gente, recomendo a leitura para aqueles que "gostariam de reconhecer e se proteger de pessoas frias e perversas, sem sentimentos de culpa, que estão perto de nós" (está na capa do livro essa citação).

O quarto está "quentinho". Se ficar deitado vendo TV, minha coluna vai começar a "ratear" novamente.. Coisa de véio, podem falar, não ligo...hehehe ! Aqui, escrevendo, os pensamentos vão se formando, as memórias vão entrando em sintonia com este dia, com este momento. Recordo de Florianópolis. De quando mudei para lá em 1989, com a ideia fixa de aproveitar todo aquele calor, praias, frutos do mar. Humpft ! Ledo engano. Ou se tem muito tempo ocioso, ou muita grana, porque a real é que quem trabalha a semana toda quer, como cá em Curitiba, aproveitar os fins de semana para descansar, colocar as "coisas" em dia, ficar com a família. Não que não fôssemos à praia, aos restaurantes...não ! Mas com menos frequência do que eu imaginava.

Aí penso em meu "bebê", a Talita. Fica pra lá de contente quando consegue uma escapadinha para passear e dar uns mergulhos no mar, ou mesmo umas voltinhas com seu Moranguinho (é...o carro vermelho dela...). Ato contínuo, recordo dela em meus ombros, pequenina, "subindo" o morro em direção à Lagoinha do Leste, lá pras bandas do Pântano do Sul. Uma festa só ! Dia encalorado, devo ter perdido uns 5 kg na travessia de mais de uma hora. Mas valeu a pena. Só quem esteve por lá, sabe do que estou falando. Fica aqui a dica, para quem visitar a Ilha da Magia.

Dias frios nos dão essa possibilidade, como está na introdução deste. De ficar relembrando coisas do passado, de passeios em noites de lua cheia, do cachorro-quente ou pastéis em ruas da periferia. De sentar na calçada com os amigos para falar de música e poesia, para paquerar. De sentar na Praça Quinze, ao lado da centenária figueira, e ficar admirando as cores e formas do Palácio Cruz e Sousa (Floripa). De andar pela  Boca Maldita, e ficar espiando aquelas lojas e prédios com os quais me "acostumei" na infância e juventude. É lembrar da neve em 1975, e a festa que os Curitibanos fizeram. Dos muros do Colégio D.Pedro, no Batel, onde ficávamos no outuno/inverno para pegar um solzinho de manhã. Recordar das geadas, e os panos de prato de minha mãe que amanheciam "durinhos", feito pedaços de gelo fino.

Pois é...tudo começou com a previsão do tempo. E o tempo não para, dizia Cazuza. Daí, lembrei de Cecília...isso, a Meireles : "No mistério do sem-fim, equilibra-se um planeta. E, no planeta, um jardim, e, no jardim, um canteiro: no canteiro, uma violeta, e, sobre ela, o dia inteiro...Entre o planeta e o sem-fim, a asa de uma borboleta."...

É isso aí...vou pegar um cobertor para colocar nas pernas mais tarde...porque parece que vai esfriar mais...hum rum !

6 comentários:

* Verinha * disse...

Eitaaa que dias assim nos apetece mesmo uma deliciosa leitura e de preferencia debaixo das cobertas rsrsrsrs.. Já ouvi falar muito desse livro..e agora vc me aguçou a curiosidade.. vou acatar sua dica.

Beijocas super em seu coração Fernando e um belíssimo início de semana para vc!

Verinha

Cristina Lira disse...

Oiii Nando..tá frio assim??rsrsrs

Tá um cinza horrível, lá fora. Espiei pela janela (não dá para enfiar a cara na rua assim de graça...hehehe)


Mas que bom que o frio ai leva vc a escrever ainda mais pra gente aqui..rsrs... Deixa uma xicara com café do lado, café quentinho e forte..rs

Bjos no coração, e se agasalha bem viu!
Xerossss e abraços quentinhos..rs

Glecimar Böhler disse...

Oi meu amigo...
Aqui não está diferente, cinzento, frio e chuvoso, o que torna meu dia mais bonito é que meu time acaba de se tornar campeão Gaúcho dá-lhe Inter...

Tenha uma maravilhosa semana de muito calor humano (vamos precisar)hehehe...
Adoooooro o frio, de preferencia sem chuva... Um abraço e o meu carinho de sempre.

C. disse...

Sempre que venho aqui e dou de cara com esses textos, a saudade pula pro lado de cá... rs... mas como a sua (de Floripa), é tudo momentâneo, porque sao lembranças que fazem parte de nós, mais nada.
Há quem curta dias frios, coisas de inverno, no deixa de ser bom, como cada coisa típica de cada estacao. Mas eu definitivamente gosto de dias laranja, ceu azul, faz um bem para o meu humor! Hoje também está 11 graus aqui, isso porque é primavera, mas pelo contexto do lugar, está quente (afe).

C. disse...

Obrigada queridao,

uma ótima semana para você também!!!!

Dinorah disse...

Lindo texto Fernando!
Tempo cinza, momento de reflexão, cavocar lembranças. Muito bom.
uma boa semana
Dinorah

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...